Nara – Cidade do Japão, Antiga Capital do Japão

Capital do Japão no século VIII, a cidade de Nara deu nome ao período considerado a idade de ouro da civilização japonesa. É importante repositório de obras de arte e monumentos antigos.

Nara, sede da prefeitura (ken) que leva seu nome, fica na ilha de Honshu, na planície de Yamato, região de bosques e colinas, ao sul do lago Biwa e a quarenta quilômetros de Osaka. Foi a primeira capital permanente do Japão, com o nome de Heijo-kio, de 710 a 784, quando o imperador Kammu se mudou para Nagaoka, antes de instalar a capital do país em Quioto. Nara atingiu seu apogeu entre os anos 724 e 741, no reinado de Shomu Tenno.

nara
Nara - Cidade do Japão, Antiga Capital do Japão 2

Situada na órbita industrial de Osaka, Nara é centro comercial e educacional. Produz artesanato tradicional e variado e sobrevive basicamente do turismo histórico. O centro da cidade é dominado pelo templo Todai-ji, com átrio datado do século VIII e torre de 1200, aproximadamente. O Todai-ji faz-se notar sobretudo pelo Daibutsu, gigantesca estátua de Buda em bronze, com 22m de altura, em que sobressai o admirável desenho das flores de lótus da base. O edifício que circunda o Daibutsu data do fim do século XVII, quando a estátua foi danificada pelo fogo e restaurada.

O Shoso-in, elegante pavilhão de madeira sobre palafitas, erguido no século VIII para guardar tesouros dos imperadores, é um dos primeiros museus do mundo. Seu precioso acervo, hoje preservado em construções anexas de concreto à prova de fogo, inclui jóias, armas, instrumentos musicais, máscaras, pinturas, amostras de caligrafia, esculturas e outros objetos. O pagode de Kofuku, de cinco andares, é o edifício mais característico de Nara e abriga esculturas dos séculos VIII e IX. O Grande Santuário de Kasuga, de cujas paredes vermelhas pendem milhares de lanternas, algumas com cerca de 600 anos, é um dos mais antigos templos xintoístas do Japão.

Deixe um comentário